Minha paixão por Teologia começou quando um pastor foi à minha igreja trabalhar com estudo bíblico e discipulado. Após isso, apaixonei-me pela Palavra, depois, li e reli diversos artigos e estudos na internet sobre assuntos interessantes ou autores famosos. No fim do 2º ano do Ensino Médio quiseram pagar-me um curso preparatório. Aceitei sem hesitar, resolvi todas as papeladas e comecei os estudos. Esforcei-me muito para passar no concurso. Hoje, vejo que o que fiz teve seu valor, aprendi a valorizar os estudos e a estudar, por mais que eu não tenha passado no concurso. Quando mais novo, passei por problemas em casa. Brigas, álcool, desafetos, falta de diálogo (às vezes, por vários meses) e etc… Isso me ensinou o valor de uma família em paz e que Provérbios 17:1 é verdade. Mudei de igreja após o concurso militar. Em Janeiro de 2015, um amigo perguntou: ”Vitinho, você já pensou em fazer seminário?” Pensar, eu já tinha pensado, mas respondi que não e que não era pra mim, mas aquilo ficou na minha cabeça. Pouco depois, falei com meu pastor: “Acho que vou para o seminário”. Ele disse: “Ok, vamos orar por isso, então”. Resolvi toda a parte burocrática e, após isso, achei melhor entrar no 2º semestre de 2015. Aprendi muito e fui confrontado pela própria Bíblia contra meus pré-conceitos, dúvidas, e medos engavetados na minha mente foram trazidos à tona e respondidos. No início foi difícil, neste período entre me inscrever no começo do ano e começar a estudar no meio, muitas pessoas discordaram de mim e acharam que eu deveria fazer uma faculdade profissional e talvez, depois, teologia. E o pior é que achavam que comecei o Seminário por não ter passado no concurso. É, faz parte! Hoje compreendo… estas pessoas só queriam o meu bem. Todas as aflições, problemas e desesperos passados, hoje fazem sentido e podem ser usados para a Glória de Deus! Ainda vou passar muito perrengue? Verdade! Contar moedas pra conseguir estudar? Claro. Me virar entre deveres de casa, provas e emprego? Fato. Que Deus vai me dar exatamente o que eu preciso? Sim, graças a Ele, já aprendi esta lição. O que aprendo com isso, são duas coisas. A primeira é que é necessário um passo de fé para mergulhar nos planos de Deus; lembrando também de Colossenses 3:15. Creia que o Deus soberano, Senhor de todas as coisas, está com você para cumprir o plano dEle! O segundo ponto é que cada situação que passamos ou passaremos poderão ser usadas para a glória de Deus. Creia que o Senhor do Universo, que está acima de tudo, está no controle de sua vida e que problemas e soluções que acontecem podem e devem ajudar na sua vida ministerial, glorificando, unicamente e sempre, a Deus. Dificuldades sempre surgirão, calúnias também. Cabe escolher a quem iremos agradar.

Sobre o autor

Victor Viana

Victor Viana

Seminarista

Tem 18 anos, cursa Teologia no Seminário Teológico Betel, é Missionário do Vida Relevante e membro da Comunidade Batista Vida no Rocha - Rio de Janeiro

Mais textos do autor